Notícia

Fazendários realizam segundo dia de paralisação na Diretoria Sul da Sefaz

Fazendários realizam segundo dia de paralisação na Diretoria Sul da Sefaz

Os fazendários do Estado realizam hoje o segundo dia da paralisação de 48 horas que a categoria deflagrou na Diretoria de Administração Tributária Sul (DAT Sul) da Secretaria da Fazenda, que compreende as regiões Sul, Sudoeste e Oeste da Bahia.  Estão parados todos os postos fiscais, bem como em todos os SACs e postos de atendimento das inspetorias. O movimento começou ontem (27).

A DAT Sul da Sefaz compreende seis postos fiscais - Jaime Baleeiro (Urandi-Divisa BA-MG), Benito Gama (Vitória da Conquista), Bahia-Goiás (BR 020/Km 314-Correntina), Eduardo Freire (Mucuri-Divisa BA/ES), Alberto Santana (Argolo-Divisa BA/MG) e Bahia-Piauí (Formosa do Rio Preto) – e os SACs e inspetorias das cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Eunápolis, Guanambi, Ilhéus, Itabuna, Itamaraju, Itapetinga, Jequié, Luís Eduardo Magalhães, Porto Seguro, Santa Maria da Vitória, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

Os servidores da Fazenda Estadual reivindicam a reabertura de negociações e o atendimento imediato de quatro pleitos: mudança na gratificação dos técnicos administrativos, concurso público, correção da indenização de transporte (congelada há 10 anos) e mudança no valor do ponto da gratificação fiscal.

As mobilizações da categoria começaram no início de outubro, da mesma forma, com paralisações por região, culminando com uma greve de 24 horas em toda a Secretaria em 26 de outubro. E prosseguiram neste mês de novembro nas DATs Norte e Sul. Nos dias 12 e 13 de dezembro, nova paralisação de 48 horas atingirá todos os postos fiscais e pontos de atendimento de Salvador e região metropolitana (DAT Metro).

Para a diretoria do Sindsefaz (Sindicato dos Fazendários do Estado), o movimento começa a dar resultados. Apesar de ainda não negociar com o Sindicato, o governador Rui Costa, em entrevista semana passada em um programa de rádio de Salvador, declarou que autorizou a realização de concurso na Secretaria da Fazenda. A entidade aguarda mais informações.

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.