Notícia

UFMG capacita dentistas do interior do país por redes sociais

UFMG capacita dentistas do interior do país por redes sociais

Professores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) estão levando conhecimento, por meio das redes sociais, para dentistas, estudantes e outros profissionais ligados à odontologia. A iniciativa, que ganhou o nome de TV Dental News, já conta com mais de 6,5 mil inscritos Trata-se de uma idéia simples que vem transformando o atendimento odontológico em pequenas cidades.

Eles apresentam semanalmente um programa temático, ao vivo, com a presença de um convidado de destaque na área. As transmissões ocorrem sempre às segundas-feiras, às 20h. Espectadores podem fazer perguntas e interagir com o convidado. Também é possível acessar programas antigos.

O coordenador do projeto, Rodrigo Richard da Silveira, explica que o público-alvo é composto sobretudo por profissionais que atuam em cidades com pouca estrutura e longe de centros de conhecimento. Eles podem tirar dúvidas que auxiliem o trabalho cotidiano. No entanto, qualquer pessoa pode acessar as transmissões. Desde que o projeto foi criado, os programas já foram assistidos por internautas em 111 países.

Os programas podem ser assistidos pela internet. A próxima edição, que ocorrerá hoje (19), tratará dos traumatismos dentários, uma das causas mais comuns de procura dos serviços de pronto-atendimento odontológico.

"É uma forma de fazer esse conhecimento em odontologia, que vem sendo produzido nas instituições acadêmicas, chegar lá na ponta. Mas ele pode servir tanto para capacitar profissionais, quanto para auxiliar estudantes em seu aprendizado", explica Rodrigo.

Para ele, a tecnologia traz inúmeras possibilidades de difundir o conhecimento. "Desenvolver ferramentas de interação com um público cada vez mais habituado ao mundo digital é um dos maiores desafios atuais da docência. As gerações que estão chegando agora à universidade, por exemplo, já nasceram na era da internet. E os novos profissionais que se formam fazem bastante uso de ferramentas tecnológicas", acrescenta. Ele acredita que há muitas possibilidades de uso da tecnologia que não demandam alto investimento e iniciativas de baixo custo podem gerar resultado positivo.

As transmissões da TV Dental News tiveram grande importância para o trabalho de Dayanne Pedrosa Mesquita, dentista em Vespasiano (MG). "Eu trabalho com cirurgia oral menor e o programa sobre terapia medicamentosa me ajudou a ver soluções para casos simples e graves. Foi de grande valia para os procedimentos que realizo no consultório".

Um exemplo citado por Dayanne é de um paciente que havia extraído um dente com outro profissional e estava se queixando de muita dor. "Sugeri a mudança dos medicamentos justamente porque o programa dedicou uma parte do tempo para falar sobre as dores agudas. E realmente consegui solucionar o problema."

O projeto também ajudou Nora Lúcia Coelho, de 53 anos, moradora de Cotia (SP). Policial civil e bacharel em ciências jurídicas, ela decidiu, nos últimos anos, cursar odontologia e está agora terminando a faculdade. "Eu assisti a uma palestra sobre oclusão. É um assunto que eu detestava. Mas a aula da TV Dental News foi maravilhosa. Penso até em aprofundar o tema", contou ela, que já planeja fazer uma especialização na Universidade de São Paulo (USP).

Informações da Agência Brasil

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.